quinta-feira, novembro 23

O Homem do Leme

Há dois anos na cadeira da Comissão Europeia, Barroso continua a declarar guerra aos proteccionismos e a lutar pela liberdade de circulação de capitais, produtos e pessoas, numa batalha hercúlea pelo mercado livre. "Quero acabar com as golden share", afirmou com convicção. Barroso advoga uma atitude aberta à globalização e alerta que a Europa tem de saber explorar as inúmeras oportunidades, ao invés de se encolher e fingir que não é nada com ela. Como disse no final quer ser recordado como o homem que "equipou a Europa para os novos desafios", que reforçou a sua competitividade e dinamismo. E ainda arranjou tempo para comentar a situação portuguesa e para se referir aos portugueses como "nós". Sem dúvida, é o nosso homem na Europa. O nosso Zé ao leme da Europa.

malta com binóculos

  • Desde que ele não fuja novamente...sim, porque quando abandonou o Governo, o homem do leme passou a ser o sr.Pedro Santana Lopes que percebe tanto de navegação como o Fernando Santos de futebol.

    By Blogger Gonçalo Martins, at 10:55 da manhã  

  • Um autentico LOL.

    Estamos a falar do Zé que fugiu e deixou um país em crise, quando tinha assumido um compromisso perante ele, nem navegou o barco, viu um melhor e pulou logo daqui para fora.

    Estamos a falar do Zé que foi passar férias a um Iate de um tal grego (...)

    Estamos a falar do Zé que consta nas vésperas do chumbo das patentes de Software na Europa a um jantar com o Sr Gates (oportuno).

    Estamos a falar do Zé que pediu para apoiarem o Papa quando o Homem mais tarde se veio lamentar pelos comentários tristes que fez.

    É muito pouco credivel esse tal Zé e se cá dentro temos memória curta, quando ele vier de fora, imagino, será um exemplo, como já muitos o querem fazer agora.

    By Anonymous Pedro Cavaco, at 1:49 da tarde  

  • Vejo algumas razões para criticar o Durão Barroso, mas com quem ele janta ou passa férias não é relevante, de todo.

    O Papa não lamentou os "comentários tristes" que fez, lamentou a interpretação errada que muitos fizeram do seu discurso.

    Ah, e o país já estava "em crise". Só um parvo não aceitaria a oportunidade dada ao "Zé" em seu lugar.

    By Blogger Manuel Câmara, at 4:12 da tarde  

  • Pois...o parvo por acaso era do Luxemburgo. Sim, porque o Durão Barroso não foi a primeira opção. Pessoalmente acredito no conceito de lealdade. Pelos vistos só os parvos é que o fazem...

    By Blogger Gonçalo Martins, at 9:15 da tarde  

  • 1) Não mencionei a saída do Governo do Barroso nem o processo que levou à escolha de Santana Lopes para seu substituto. O post não pretendia tratar disso, Gonçalo.

    Seja como for, o conceito de lealdade não é só para parvos, mas penso que uma oferta para assumir aquele que é considerado o 3º cargo mais importante do Mundo é de uma inegável atracção. Assumindo que és ambicioso, coloca-te no lugar dele e talvez te apercebas que parvo era, realmente, não aceitar.

    2) A conotação de lobbying em Portugal é realmente muito negativa e pode realmente ser deselegante (mas não condenável pois realmente o homem janta com quem quer!) jantar com o sr Bill Gates. De facto, Cavaco, penso que a explicação para o exemplo se encontra no teu ódio de estimação ao sr. Gates não é? E quem sabe ao Barroso. Corrige-me se estiver errado.

    Quanto aos restantes pontos, penso que o Manuel fez uma cobertura adequada. Seja como for, reafirmo os elogios ao trabalho de Barroso na CE. É (ou deveria ser), de facto, um orgulho para Portugal ser a pátria de um Presidente da CE respeitado e dinâmico, que tem feito de tudo para libertar a Europa do espartilho que a impede de se desenvolver.

    Foi esta a ideia que pretendi transmitir

    By Blogger Tiago Alves, at 3:31 da manhã  

  • «"Quero acabar com as golden share", afirmou com convicção.»

    Convicção de marrano. Quem estava no governo que criou a golden-share na PT? E quem foi primeiro-ministro até há dois anos sem mexer uma palha para a eliminar? É preciso desfaçatez. Quanto à carreira europeia da personagem, nenhuma surpresa: a doce e resignada mediocridade disfarçada pela acaciana vaniloquência. Comme d'habitude. Enfim, quem dá o que tem...

    By Blogger c., at 5:14 da manhã  

  • "Convicção de marrano. Quem estava no governo que criou a golden-share na PT? E quem foi primeiro-ministro até há dois anos sem mexer uma palha para a eliminar?"

    Talvez agora haja outros meios para o conseguir, não? E mesmo que antes fosse a favor delas e agora, na CE, se tenha apercebido da sua insensatez, não vejo problema. A coerência não é um bem absoluto e a mudança de opinião é sinal de que estamos sempre atentos ao mundo e a aprender.

    By Blogger Tiago Alves, at 7:04 da tarde  

  • Eu para ti tenho ódio aos States ao Bill Gates ao Barroso ao Cavaco a tudo o que contrarie...

    A explicação para o meu exemplo é não dá para contrariar pelo pressuposto de ser um facto desse tal senhor que como dizes "tenta revolver monopólios?" vou presumir que o filantropo Gates planta cerejas em Alcobaça num negócio modesto fora de qualquer tipo de monopólios e que não está a a levar multas históricas elevadíssimas e por acaso Europeias pela direcção de Neelie Kroes.

    Um jantar é um jantar, vale o que vale e uma opinião é uma opinião vale o que vale, como o conceito democrático é feito de opiniões e pontos de vista, tentas-te pela via errada cria um pacto com o diabo que eu não tenho. Eu nem quis discutir questões de software livre e afins porque sejamos francos as pessoas estão "borrifando" para a coisa até ao dia em que a DRM seja como o pão. Somos tão rápidos a esquecer a operação de fusão entre o gás e a electricidade em Portugal aprovada pelo governo de Barroso e destruída pelo Durão já na UE, etc etc etc

    Das Lages para o palco Europeu, Durão foi de jacto. Como diz o outro "Pecar por números e por guerras tem permitido boas carreiras políticas"

    By Anonymous Pedro Cavaco, at 1:00 da tarde  

  • "Talvez agora haja outros meios para o conseguir, não?"

    Um presidente da comissão europeia tem mais meios para acabar com a golden-share da PT do que o primeiro-ministro português? Felizmente, ainda não chegamos aí.

    "E mesmo que antes fosse a favor delas e agora, na CE, se tenha apercebido da sua insensatez, não vejo problema. A coerência não é um bem absoluto e a mudança de opinião é sinal de que estamos sempre atentos ao mundo e a aprender"

    E por outro lado, é bem mais fácil defender ideias quando isso não nos obriga a agir em consequência com elas.

    By Blogger c., at 9:19 da tarde  

  • c.

    "E por outro lado, é bem mais fácil defender ideias quando isso não nos obriga a agir em consequência com elas."

    Penso que o Barroso está a agir.. E sim, estar na CE dá-lhe, por um lado, meios de pressão, e por outro, meios de evitar a pressão a que estava sujeito em Portugal.

    cavaco,

    Não é essa a questão. Aliás, foste tu quem falaste do Cavaco e dos outros. Eu só me referi ao Gates por conhecer as tuas ideias sobre o linux e etc. A Microsoft actua em monopolio? Talvez, mas foi um monopolio construido por uma ideia, não pela protecçao de golden shares. Ou achas que apenas por ter tido uma das melhores ideias de sempre e por ter conseguido implementa-la com tal sucesso que garantiu todo o mercado o Gates merece levar multas=?

    By Blogger Tiago Alves, at 6:12 da tarde  

  • Devias informar-te melhor...

    Achas que a MS chegou onde chegou onde chegou por uma ideia?

    Qual ideia?
    De criar um interpretador de BASIC?... deixa-me rir!
    Será por comprar um DOS (QDOS) e vende-lo como se fosse a maior invenção do século quando já existiam unixes bem melhores?
    Será por te venderem um produto que nunca é teu?
    http://www.militantplatypus.com/blog/lists/windows-xp-home-eula-in-plain-english/
    Por fazerem contratos com empresas de venda de pc's que se descobrem mais tarde serem ilegais?
    por abusarem da posição de mercado?
    Sabes porque é que o IE é utilzado em 80% dos pc's? Como é que lutas contra um produto gratuito que te foi posto à frente quando não sabes nada de informatica?
    Quanto é que pagaram de indeminização à AOL (detentora do Netscape) e a Real Networks - pela concorrencia ilegal do Media Player contra o real player?
    espera a melhor ideia de sempre:
    Por um pc em cada casa.
    Visualisa comigo: 1991 o Lisa (1º Mac) lindo já com interface gráfico e o DOS 5.x.x.x
    Espera! o windows 3.11 e O Mac 2... A Bela e o Monstro!
    Sabias que o primeiro computador domestico chama-se altair? e que o primeiro pc foi da IBM? Sabias que o primeiro sistema operativo é mais velho que o Bill?
    Sabias que um Mac sempre foi mais facil de utilizar?
    Sabias que o ambiente gráfico do windows foi "roubado" dos laboratórios da Xerox?
    Sabias que quando a MS começou a vender o DOS havia versões dde sistemas operativos tipo Dos bem superiores. sabias que sempre houve um sistem operativo superior em cada lançamento do windows? Mas espera, o NT (base do actual 2000, Xp, Vista) foi comprado? e word também? e o excel também? e o power point?
    Sabes das multas que a União Europeia tem passado a MS, já leste bem porquê?
    E as campanhas contra o Linux. Falsas. Mais multas!
    Quando eles começaram o software não tinha licenças era algo novo, de universitários era passado livremente, até que um ganacioso se lembrou que podia ganhar dinheiro com aquilo foi para trbunal e alegou o direito de autor (copyright).
    Hoje vende cd's que custam 0.10 por 600euros.

    E tu? Já cracaste o teu Xp? Ou a loja onde tu compraste o pc te obrigou a comprar o windows?

    Já pensaste nisso?

    By Blogger qq, at 12:04 da manhã  

  • Ou achas que apenas por ter tido uma das melhores ideias de sempre e por ter conseguído implementa-la com tal sucesso que garantiu todo o mercado o Gates merece levar multas=?

    Isto é uma piada?

    Tens um conceito de melhor ideia de sempre muito estranho...
    As multas Tiago não são porque o Gates engana bem e as pessoas gostam. As multas são porque o desenvolvimento tecnológico e económico Europeu sofrem com palermice e malabarismos da empresa do Gates e do macaco Balmer, que se arrastam à anos.

    http://exameinformatica.clix.pt/noticias/mercados/214222.html

    Se tens dúvida que a Microsoft actua em monopólio não posso aconselhar mais nada do que uma pesquisa. Só não vêm que não quer.

    By Anonymous Pedro Cavaco, at 12:12 da manhã  

  • Antes de mais, obrigado pela perspectiva histórica. Algumas coisas conhecia, outras não. Porém, a questão mantém-se. Se já existiam todas essas coisas tão boas na altura, como é que a Microsoft, antes apenas "mais uma empresa" segundo as vossas contas) conseguiu arranjar poder para, como referem "actuar em monopolio e abusar da posição dominante"?

    Como atingiu a posição dominante para poder abusar dela?

    Viu uma oportunidade de negócio e começou a facturar? E merece multa por ser visionário?

    By Blogger Tiago Alves, at 11:00 da manhã  

  • Senão consegues assimilar a situação, não existe resposta a essa pergunta que já não tenha sido dada ou que não seja do conhecimento público. Tenta o Google ou Wikipédia.

    By Anonymous Pedro Cavaco, at 3:24 da tarde  

  • Pedro cavaco,

    "As multas são porque o desenvolvimento tecnológico e económico Europeu sofrem com palermice e malabarismos da empresa do Gates e do macaco Balmer, que se arrastam à anos."
    A MS deve ter todo o direito em não partilhar o que é seu.

    E não basta provar que a MS actua em monopólio (o que até nem é verdade). Tens que provar que o monopólio é mau e que seria justo destruí-lo.

    Também não vejo como se possa criticar a MS por incluir o IE e o WMP com o windows. Em termos económicos a situação só é indesejável se houver perda de bem-estar, e neste caso não há, apesar dos problemas da Netscape e Real Player. O facto de um tribunal apelidar a concorrência ilegal não faz com que esta seja injusta. Há tribunais e tribunais.

    Se a MS roubou propriedade intelectual deve ser processada. Se não é condenada por isso, não vejo nada de mal. Se vendem cd's que custam 0,1 centimos por 600 euros porque estes contém propriedade intelectual sua, também não vejo nada de mal. Se o Windows é inferior aos outros e no entanto os consumidores teimam em adquiri-lo, também não vejo nada de mal.

    E o Steve Balmer é um macaco mas vale 13,6 mil milhões de dólares.

    By Blogger Manuel Câmara, at 2:49 da manhã  

  • E não basta provar que a MS actua em monopólio (o que até nem é verdade). Tens que provar que o monopólio é mau e que seria justo destruí-lo.

    É quando vejo respostas como esta que fico indeciso se ainda vale a pena continuar a responder a este artigo ou não, porque se tanto o Tiago como tu dizem que a Microsoft não actua em monopólio é o mundo inteiro (incluindo agências Americanas e Europeias, tirando outras) que tem esse conceito errado e não vocês.

    Também não vejo como se possa criticar a MS por incluir o IE e o WMP com o windows.
    Da mesma forma que a PT não tira o bem estar às pessoas, com ela também conseguem fazer chamadas. Eu chamo-lhe regressão mas isso sou eu. Lê a EULA.

    O facto de um tribunal apelidar a concorrência ilegal não faz com que esta seja injusta. Há tribunais e tribunais.

    Ai agora o conceito tribunal também já é posto em causa? Mais uma vez as minhas desculpas por o mundo rodar em sentido inverso ao dessa lógica bastante convincente esta argumentação, um tanto adaptada ao que der mais jeito e portanto justa quanto baste, enfim...

    Se a MS roubou propriedade intelectual deve ser processada. Se não é condenada por isso, não vejo nada de mal.

    Não conhecer que já foi e apresentar esse tipo de argumento é que é mau.

    Se o Windows é inferior aos outros e no entanto os consumidores teimam em adquiri-lo, também não vejo nada de mal.

    Nem eu, são opções de cada pessoa. Felizmente (ou não) todos nascemos com um cérebro.

    E o Steve Balmer é um macaco mas vale 13,6 mil milhões de dólares.

    A Mona Lisa também "faz figura" e vale cerca 100 milhões de dólares embora ao contrário do Balmer acrescente algo construtivo ao interior de cada um.

    Conclusão, de um artigo que se propunha eleger uma personagem face à falta de imagem e personalidade que o PSD atravessa criando portanto atributos a uma personagem bastante engraçada chamada Barroso, ainda consegui ver escrito que a Microsoft não pratica monopólio e que eu tenho ódios de bolso, muito bom.

    By Anonymous Pedro Cavaco, at 8:05 da tarde  

  • Para mim opiniões são opiniões e todos têm direito a uma. Mas factos são factos e perante os factos não há que tentar juntar opiniões.
    A verdade está lá. Podem pensar o que quiserem e continuar a fazer malabarismos de palavras, o que não podem é juntar parcialidades e ilacções ao discurso.

    Agora que já têm a verdade e um palmo de testa (de origem) deixem as ideologias de parte e usem a lógica.
    mas usem esta http://pt.wikipedia.org/wiki/L%C3%B3gica

    By Anonymous João Matos, at 8:17 da tarde  

  • O Tiago não disse que a Microsoft não actuava em monopólio.

    A definição de monopólio não é muito objectiva e, apesar de a Microsoft deter uma enorme parte do mercado, esta não age como um monopólio normal.

    Mesmo assumindo que a Microsoft é um monopólio, convém explicar porque é que isto é mau e injusto.

    Da mesma forma que a PT não tira o bem estar às pessoas, com ela também conseguem fazer chamadas. Eu chamo-lhe regressão mas isso sou eu. Lê a EULA.

    Uma justa comparação seria dizer que a PT não retira bem-estar ao cliente com as promoções de chamadas grátis ao fim-de-semana. Estão-nos a dar coisas, nunca pode ser mau? Lê o Capitalism and Freedom do Friedman (não vem ao acaso,tal como a EULA, mas achei simpático sugerir).

    Ai agora o conceito tribunal também já é posto em causa? Mais uma vez as minhas desculpas por o mundo rodar em sentido inverso ao dessa lógica bastante convincente esta argumentação, um tanto adaptada ao que der mais jeito e portanto justa quanto baste, enfim...

    Eu não pus em causa o "conceito tribunal". Acho óptimo haverem sistemas judiciais.

    Mas julgo que posso pôr em causa certas decisões de determinados tribunais.

    Afinal, como é que a Europa sofre com a Microsoft? Como é que este sofrimento é reduzido com a imposição de a Microsoft meter nas prateleiras dois produtos ao mesmo preço, um com e outro sem o WMP?

    By Blogger Manuel Câmara, at 9:38 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home