quinta-feira, agosto 10

Azares da vida II

Para além de o mundo me tramar por ter nascido em Dezembro, parece que a injustiça não fica por aqui.

"Among the college-educated men in our sample, those who report being left-handed earn 13 percent more than those who report being right-handed," said economist Christopher S. Ruebeck of Lafayette College. Ruebeck and his research partners, Joseph E. Harrington Jr. and Robert Moffitt of Johns Hopkins University, reported the findings in a new working paper published by the National Bureau of Economic Research.

And lefties, stay in school: Those who finished all four years of college earned, on average, a whopping 21 percent more than similarly educated right-handed men. Curiously, the researchers found no wage differential among left- and right-handed women.

Washington Post

Isto é de um favoritismo escandaloso. Mais uma vez peço que se faça algo para nivelar o terreno de jogo. Em nome da igualdade e da justiça deve ser atribuído um subsídio correspondente a cada homem dextro. Somos a maioria, não deve ser dificil de instituir.

Via Greg Mankiw's Blog.

malta com binóculos

  • "Somos a maioria, não deve ser dificil de instituir."

    Quite the opposite.

    By Blogger c., at 9:24 da tarde  

  • «"Somos a maioria, não deve ser dificil de instituir."

    Quite the opposite.»

    Estava para dizer o mesmo.

    By Blogger pedroromano, at 2:34 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home