terça-feira, julho 4

Mistificação

A indignação da Helena Matos devido ao mapa do exame de História é compreensível. A sua causa, porém, é tudo menos inesperada. Em nenhuma parte dos programas de ensino os regimes comunistas são associados ao totalitarismo e à ditadura. Estas duas palavras são exclusivos dos regimes italiano e alemão (amplamente referidos e caracterizados) e português. A mistificação do comunismo continua hoje, quase 20 anos após a queda do Muro, a fazer-se sentir. Não só em Portugal como no resto do Mundo. O medo da força da ideologia comunista e a proibição da sua divulgação e debate foram factores decisivos para toda a simpatia por ela manifestada por jovens que do comunismo nada sabem. Os tais que vestem camisolas do Che, fumam umas ganzas no Avante e vociferam contra o imperialismo capitalista, o mesmo que lhes mata a fome. Não é por isso de estranhar que o comunismo permaneça como um regime à parte, não integrável em nenhuma família, livrando-se dos adjectivos que daí adviriam. É o comunismo, e pronto.

malta com binóculos

Enviar um comentário

<< Home