segunda-feira, junho 12

Mínimos mundiais

Portugal não jogou mal, mas exigia-se um pouco mais. Se não fosse aquela arrancada e a manifesta falta de equilíbrio da formação angolana talvez a coisa pudesse ter corrido pior. O jogo acabou por terminar com os portugueses nervosos, o que era perfeitamente dispensável.

Mister Scolari até começou com uma equipa boa (pese o Tiago ter estado uns furos abaixo do potencial) mas equivocou-se um pouco nas substituições. Se a saída de Ronaldo pode ser compreendida (o jogador tinha um amarelo e só via a baliza à frente), a entrada de Costinha, sem um reforço do ataque, não fez sentido. Seria preferível ter apostado logo em Maniche ou mesmo em Viana, para dar consistência ao miolo. Para os últimos minutos nada havia como lançar alguém para meter medo na área ou para desequilibrar em velocidade. Postiga ou Boa Morte. Não se esqueça de quem tem no banco, mister!

malta com binóculos

Enviar um comentário

<< Home