terça-feira, maio 16

Sobre as maternidades

Hoje temos Manuela Ferreira Leite a vir defender o Governo nesta sua cruzada contra as maternidades sem condições. Não deixa de ter lógica. Manuela Ferreira Leite nunca foi de cegueiras partidárias. Sendo certo que as suas declarações terão uma componente táctica, MFL poderá, antes de mais, estar a fazer um favor ao partido. Afinal, com todas estas derivas populistas da bancada social-democrata, convém aparecer algum notável para pôr ordem na mesa e mostrar a todos que ainda há pessoas capazes no PSD.

A questão das maternidades parece-me óbvia. Partindo do princípio de que se fala verdade, ie, de que a questão está "no reduzido número de partos por ano e a falta de técnicos especializados, nomeadamente anestesistas, enfermeiros e médicos obstetras", é de todo lógico que os serviços sejam centralizados. Sendo também certo que estes encerramentos trarão consigo algumas poupanças, porque não utilizá-las para garantir que os hospitais se mantém com condições para assegurar o pré e o pós-parto, além de garantirem uma ambulância pronta a partir nos dias em que se prevê que alguma senhora grávida chegue com dores?

malta com binóculos

Enviar um comentário

<< Home