quinta-feira, maio 11

"Mais vale SELO que parecê-lo!"

Rebentou há dias o escândalo do negócio dos selos que compromete a empresa Afinsa e o seu presidente honorário, Albertino de Figueiredo. Existem já nove detidos, milhões de euros envolvidos e milhares de investidores em risco de perder o dinheiro investido.

A empresa, que prometia taxas de retorno de 6 a 9%, é acusada de burla, branqueamento de capitais e falsificação de documentos, entre outras. Se a ameaça de insolvência se concretizar, os milhares de investidores ficarão a "arder". É que, além de não verem os selos nos quais estão a investir, têm poucas hipóteses de serem reembolsados devido à natureza da própria empresa.

A verdade é que a empresa Afinsa era muito conceituada e considerada "fiável" por associações como a DECO. O fundador até se gabava de ter sido a empresa a tornar o negócio do coleccionismo num negócio claro e prestigiado! É caso para dizer que mais vale sê-lo, que parecê-lo!

malta com binóculos

  • Adorei o trocadillo x) Nunca pensei que a DECO considerasse a empresa credível. Ainda para mais quando já li em vários sitios muitos dizerem que era "óbvio" que este negócio era bom demais para ser verdade..

    By Blogger Tiago Alves, at 3:25 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home