quinta-feira, abril 13

Análise gráfica



Algumas correlações interessantes de analisar, parte de um estudo (link para as FAQ) que pretende comparar as economias belga e irlandesa.

Via My Guide to your Galaxy.

malta com binóculos

  • lolll, conjuntos de capitlistas...

    By Blogger Elise, at 12:32 da tarde  

  • Interessante.

    By Blogger pedroromano, at 1:07 da tarde  

  • deixa m dizer quer os graficos que aqui poes sao ridiculos. confesso que nao li o site.. tinha intençoes disso mas depois de ver os graficos e ver a introduçao perdeu td a credibilidade.
    1º so analisa paises europeus, k como ssabes, sao tradicionalmente estados sociais, pelo que tem spr grandes despesas publicas.
    2ºfazndo a estatistica pa paises como estes nao estas a considerar outros extremos como o baixo peso do estado. o peso minimo k entrm ainda e 35%do PIB=GDP, fazendo criar a ideia simplista e arrogntemente descomplexada de uma correlaçao negativa
    3ºe tao ridiculo que estao a enviesar a explicaçao do crescimnto economico ao longo de DezOito anos para um argumnto unico e kt a mim invalido. quem saiba um pco de historioa do final do secXX percebera pk..
    4ºinvalido, ate pk s fores a ver os paises k tem maior peso do estado veras k sao dos paises kom melhores classificaçoes nos "concursos"de qualidade de vida
    5ºnesta definiçao de taxaçao sobre o rendimento, n mostra k a definiçao é a taxaçao efectiva! sabes qual a melhor forma de a aumntr(plo mns em Prtugl)?diminuindo a evasao... pelo que o grafico assim exposto pode indiciar e outras coisas pa kem n ker ter uma analise tao enviesada.
    sao graficos feitos com propositos claros...

    By Anonymous ____, at 2:30 da manhã  

  • Caro _________

    1- é puro bom senso analisar apenas paises da UE. Porque valida a hipotese ceteris paribus. Todos os outros factores que podem influenciar o crescimento economico encontram-se minimamente nivelados. Esperavas que aqui aparecesse uma comparação entre a Suécia e o Burkina Faso? E a estabilidade, as instituições, as infra-estruturas?
    Quanto ao terem sempre grandes despeses, concordo em absoluto. Mas, como ves pelos graficos, possuem diferenças suficientemente grandes para serem analisadas.

    2-Claro que não consideraram, pelas mesmas razões que mencionei acima.

    3- Eu penso saber u pouco de historia do final de sec XX e nao percebi.. Está-se a comparar a evolução de varias economias (com enfase especial na Belgica e na Irlanda) nos ultimos anos. Ultimos anos esses que, recordo, experimentaram um pouco de tudo, desde explosivos booms a dolorosas recessões..

    4- A Irlanda está em nono.. Preciso de dizer mais alguma coisa??

    5- Em nenhum lado demonstra que isto é a taxa efectiva. Porem, mesmo que seja, a correlação não deixa de existir. A solução para um maior crescimento não são impostos altos para financiar um Estado que tudo controle e dirija. Sao impsotos baixos que permitam aumentar o rendimento disponivel dos particulares de modo a serem eles a tomar as suas decisões. Deixando o mercado funcionar, o crescimento é já ali.

    Desculpa o lençol, mas estavas a pedi-las :) Um abraço e obrigado pelo comentário

    By Blogger Tiago Alves, at 10:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home