quarta-feira, março 15

OPA concorrente vs contra-OPA

OPA concorrente: é uma oferta lançada por uma empresa X sobre uma empresa Y para anular (ou em resposta a) uma anterior OPA lançada sobre a empresa X por uma empresa Z. Tem alguns requisitos, como a obrigação de ultrapassar em 5% o valor da anterior oferta. É isto que pode acontecer no caso PT: pode aparecer uma OPA concorrente; não pode haver uma contra OPA.

contra-OPA: é uma oferta lançada pela empresa X sobre a empresa Y que lhe havia lançado previamente uma OPA. É uma resposta típica quando há capacidade para tal e, ao que parece, foi a possibilidade de o BPI assim responder que trouxe hoje uma grande animação à nossa Bolsa. Tal operação só é possível porque a maioria do capital do Millenium está ele próprio disperso (quer em Bolsa quer em investidores dos quais se pode esperar uma venda). Neste caso, a guerra das administrações passa para os accionistas, podendo ambas as operações (de controlo) fracassar, se a maioria dos shareholders mantiver as posições. No caso da PT não pode haver uma contra-OPA porque a maioria do capital da SonaeCOM está nas mãos da Sonae SGPS, cujo controle accionista está na mão da família Azevedo. Que, obviamente, não vai vender.

malta com binóculos

  • Não sabia disso. Mais uma vez um conteúdo extremamente rico e lúcido. Parabéns pelo bom trabalho desenvolvido.

    By Anonymous Anónimo, at 11:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home