quarta-feira, março 22

O cubo


O cubo é provavelmente o primeiro sólido com o qual tomamos contacto, lá para a primária. Talvez por ser o equivalente tridimensional do quadrado (uma figura também muito amigável e simpática) ou simplesmente por ser de fácil desenho, memorização ou aplicação. É, no entanto, dos objectos que um maior número de associações pode despertar.

Se o Tigas imediatamente começaria a dissertar sobre o facto de "só conseguirmos ver três faces em simultâneo" e de que a esfera é "um cubo de arestas limadas", talvez a Rita se lembrasse da fórmula de cálculo do volume. Provavelmente outras pessoas fariam as mais diversas comparações: um caixote, um dado ou um calhau. Eu pessoalmente acho que me lembraria do dado. Resultado de muitos anos a jogar jogos de tabuleiro.

Seja como for, este post não pretendia falar do cubo. Pretendia, isso sim, enfatizar mais uma vez aquilo que muita gente teima em não lembrar. Além de sermos diferentes, reagimos de formas diferentes. Não bem, não mal, mas à nossa maneira. Única e assim desejável. Para que o Mundo (seja ele um cubo ou uma esfera) gire.

malta com binóculos

  • é o que dá ter aulas de macro na hora de almoço...até os cubos se tornam mais interessantes que o investimento...depois dá nisto :P

    By Anonymous rita, at 10:30 da tarde  

  • Gostei muito desse teu pensamento!

    By Blogger Inex, at 9:52 da manhã  

  • A analogia entre os diferentes lados do cubo e as diferenças de personalidade das pessoas é bem vista.

    Um Abraço,

    Pedro Gonçalves.

    By Blogger Pete, at 2:19 da tarde  

  • Eu acho mal. Acho mal andares a roubar as ideias dos trabalhos de CO dos outros.
    Por outro lado acho bem roubares as ideias dos outros para reflectires sore a vida. Sim, porque o meu exacerbado egocentrismo faz-me crer que nem que seja subconscientemente, te lembraste do cubo por causa de nós, mas como és diferente, fizeste disso algo belo, simples, e nas tuas próprias palavras únio logo desejável

    By Blogger Tigas, at 3:13 da tarde  

  • a última frase é um belíssimo pensamento que cabe na utopia, como um lugar desejável e cheio de esperança.
    saudações do
    António

    By Blogger António Ferra, at 3:22 da tarde  

  • Não percebi nada do final. A ideia não foi do Tigas, foi nossa (seja feita justiça!), dos que tiveram 20 no trabalho de CO!

    By Blogger JP, at 7:00 da tarde  

  • gostei muito do post, foi um belo pensamento...

    By Blogger a_mais_linda, at 7:30 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home