terça-feira, fevereiro 28

Não sei se alguém reparou...

..mas mudei o display name. A partir de hoje todas as postas e comentários da minha autoria passam a ser assinados com o primeiro e último nomes que constam no meu BI.

O asriel, espécie de nickname, acompanhou estes primeiros meses de blogue, assim como me acompanha enquanto username em mais de uma dezena de registos por aí. Não é nome de menina. É o nome do homem que fez guerra a Deus na (famosa e milhares de vezes aqui citada) trilogia do sr. Pullman. Seja como for, o tempo da associação do seu nome à minha pessoa na blogoesfera acabou.

Divagação: a questão dos anónimos pode ser muito discutida mas dificilmente se chegará (e penso até que não seria desejável) a nenhuma espécie de código de conduta. É usual começar por não revelar o nome e adoptar pseudónimos com os quais mais ou menos nos identificamos. Até fica engraçado, principalmente se mantém alguma relação com o título e linha editorial do blogue (como é o meu caso). Tem depois o tal problema da identidade. Apesar das guerras que se têm feito a alguns anónimos e das birras por causa dos seus comentários, a decisão de ser anónimo é individual e não deve ser influenciada, assim como as consequências, que passam por uma menor consideração e atenção pela sua opinião ou por dificuldades de citação. Mesmo assim, a existência de um nickname é sempre preferível ao uso do anónimo. Embora possa haver grandes curiosidades acerca da identidade de muita gente, o máximo que podemos (e devemos) fazer é tentar descobri-los, sem os prejudicar ou atacar. Por nossa conta e risco, e sob pena do mistério (e a mística) acabarem.

p.s. Vou deixar de escrever Tiago Alves no canto inferior esquerdo. Acho que faz sentido.

malta com binóculos

Enviar um comentário

<< Home