sexta-feira, fevereiro 24

Dinâmica de Conjunto (II)

Aqueles que ou são uns dos tais "profissionais" da coisa ou outros que já estão em conversa amena com alguns outros membros sentem-se à vontade para, a dada altura, irem beber um café. A sua cara é conhecida, deixam lá amigos e valem-se do seu estatuto para poderem abandonar o local sem receio do seu lugar ser ocupado.

À medida que o tempo passa as chegadas acalmam. Aliás, é normal a maioria das chegadas ocorrer entre as 7h00 e as 7h20, verificando-se uma acalmia até perto das oito, onde se verifica alguma confusão. Nada porém que desoriente os tais líderes, que sabem praticamente de cor todas as pessoas que lá estão (incluíndo as que foram beber café), para que médico vão e a ordem de chegada. Os restantes membros reconhecem esta autoridade informal de uma forma natural.

O conhecimento deste conjunto de normas, sumariamente descritas, é indispensável para sermos aceites no grupo e, consequentemente, vermos assegurado o nosso direito à consulta. Porque se lá chegarmos e não os cumprirmos, mesmo depois de alguém (normalmente algum dos líderes) nos perguntar quem somos e para onde vamos, logo seremos postos de parte. E não será estranho que, ao chegarmos à fase de alcance do objectivo, não o consigamos fazer, porque a alguém não foi dito que havia alguém (nós) à frente e a pessoa não reconhece a nossa autoridade e argumenta que "não se lembra de nos ver lá".

É incrível a quantidade de coisas que dá para pensar em uma hora e quinze minutos de imobilismo junto ao Centro de Saúde. Tudo por um atestado médico..

Tiago Alves

malta com binóculos

  • Eu já não te tinha dito para largares a droga? :s lol..
    Estas cada vez pior, agora até sobre o "meio envolvente" do Centro de Saúde comentas :b

    By Blogger Miguel da Silva, at 2:25 da manhã  

  • Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    By Blogger Tigas, at 11:31 da manhã  

  • Quando estiveres a deslizar por aqueles 50 metros de azul, sem preocupações, sem stresses, só tu, vais perceber que nada foi em vão.

    By Blogger Tigas, at 11:33 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home